5 de novembro de 2013

Pena de coisas que nem sei

Sam Toft
Densa de brancas e de negras raízes
cheira a fermento e a vermes
a terra talhada d´água.

Pena de coisas que nem sei
em mim rebenta: não basta uma morte
se, escuta, mais vezes me pesa
no coração, com sua relva, um pedaço de terra.

Salvatore Quasimodo (1901-1968)
Tradução: Geraldo Holanda Cavalcanti

Nenhum comentário: