3 de novembro de 2013

Pausas

Claude Monet
“O mar! O mar!
Sinto-o de mim adentro.
E apenas por pensar
No mar, tão meu
Tem um sabor de sal meu pensamento”.

José Gorostiza (1901-1973)
Tradução: Adriano Nunes

Nenhum comentário: