6 de novembro de 2013

O Branco e o Timbira

José Teófilo de Jesus
- O branco disse ao timbira:
– Não me inspiram, sertanejo,
Estes bosques, estas matas;
– Nem eu vejo
De que te ufanes aqui:

Vem comigo — minha terras
Tem mais lindas variedades
Vida, amor, ouro, prazeres,
Nas cidades Tudo enfim, terás — ali. –

O timbira disse ao branco:
– Cariúra, deixa a cidade,
__ Vem viver como sertanejo,
– Aqui tens a liberdade. –
Bruno Seabra (1837-1876)

Nenhum comentário: