8 de novembro de 2013

Dedicatória

Giuseppe De Nittis
Vai-se a vida,
resta a canção.
Não foi uma canção perdida.
Ficaste no meu coração.


Queria só um sorriso.
Mas deram-me um beijo.
Perdi metade do juízo
e fui dar ao Paraíso.
São Pedro, vendo-me a cara,
dizia: "Mas que pequena!
Com uma estrela tão clara
numa boca tão morena!"

(Qual seria este tesouro?
Seria o teu beijo?
Seria o sorriso?
Ou apenas o ouro
do meu dente siso?)

Cecília Meireles (1901-1964)

Nenhum comentário: