30 de outubro de 2013

Pássaro

Stephen Dabirshire
A noite não é tua
mas nos dias
—curtos demais para o voo —
amadureces como um fruto.
Tuas asas seguem as estações.
É tua a curvatura da terra.
Pássaro, metáfora de poeta.

Olga Savary

Nenhum comentário: