25 de outubro de 2013

Mary Dipnall
A alma abre-se a si própria
como se abre um lótus
de inúmeras pétalas.

Kahlil Gibran (1883-1931)

Nenhum comentário: