5 de setembro de 2013

A saudade mata a gente

Ubaldo Gandolfi
Sou pedra. Escrevo pássaro. Sou tristeza.
Escrevo alegria. A poesia é sempre o reverso
das coisas. Não se trata de mentira. É que
somos seres dilacerados. O corpo é o lugar
onde moram as coisas amadas que nos
foram tomadas, presença de ausências, daí
a saudade, que é quando o corpo não está
onde está.

Rubem Alves

Nenhum comentário: