12 de junho de 2013

Morreu aos 90 anos Jacob Gorender

Jacob Gorender
“A sociedade capitalista se apresenta como sociedade do espetáculo. Importava mais do que tudo a imagem, a aparência, a exibição. A ostentação do consumo vale mais que o próprio consumo. A aparência se impõe por cima da existência. Parecer é mais importante do que ser”.
Jacob Gorender (1923 - 2013)
Jacob Gorender (Salvador, 20 de janeiro de 1923 - São Paulo, 11 de junho de 2013.
Historiador e militante comunista. Jovem, lutou na II Guerra Mundial, na Itália, como integrante da Força Expedicionária Brasileira.
Foi militante do Partido Comunista Brasileiro (PCB), do qual saiu nos anos 60, para participar da fundação do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR). Foi preso, quando do Regime Militar.
Entre seus trabalhos se destacam A burguesia brasileira, de 1981,e Combates nas trevas, de 1987. Sua principal obra foi a tese "O Escravismo Colonial", de 1978, de caráter revolucionário, na medida em que supera o debate sobre o caráter do passado do Brasil - feudalismo e capitalismo. Naquela obra, apresenta teoria para a compreensão da história colonial e imperial brasileira baseado na apresentação de modo de produção historicamente novo, a saber, o escravismo colonial.

Nenhum comentário: