13 de junho de 2013

Dia de Santo Antonio

Cândido Portinari - Santo Antônio de Pádua
Para comprar uma imagem
De Santo Antônio, um caipira
Entra na loja de um árabe,
É atendido e se retira.
Leva o precioso objeto,
Muito contente e feliz,
Sem saber que o esperto sírio
Lhe vendera um São Luiz.
Dali dirige-se ao templo
E ao padre, diz comovido:
Aqui trago um Santo Antônio
Para que seja benzido.
– Santo Antônio, explica o padre,
Traz consigo uma criança;
O que você trouxe é a imagem
De São Luiz, o rei de França.
Desapontado, o caboclo
Dispara feito uma bala;
Entra na loja do árabe
E deste modo lhe fala:
– O senhor é um mentiroso
Que nunca sabe o que diz.
Em lugar de Santo Antônio
Me vendeu um São Luiz!
Nunca mais queira fazer
Seus fregueses de palhaços:
Santo Antônio sempre teve
Uma criança nos braços!
– Eu sei disso exclama o sírio,
Muito seguro e matreiro:
Você levou Santo Antônio
Quando ainda era solteiro!

Walter Nieble de Freitas

Nenhum comentário: