27 de abril de 2013

Haikai

Apesar do sol
Ardendo sem compaixão,
O vento de outono.

Matsuo Bashô (1644-1694)

Nenhum comentário: