27 de março de 2013

Assim eu vejo a vida

Emile Auguste Pinchart
A vida tem duas faces:
Positiva e negativa
O passado foi duro
mas deixou o seu legado
Saber viver é a grande sabedoria.
Que eu possa dignificar
Minha condição de mulher,
Aceitar suas limitações
E me fazer pedra de segurança
dos valores que vão desmoronando.
Nasci em tempos rudes.
Aceitei contradições
lutas e pedras
como lições de vida
e delas me sirvo.
Aprendi a viver.

Cora Coralina (1889-1985)

Um comentário:

Anônimo disse...

que eu seja mulher, sempre e que antes de tudo e qualquer eu seja mulher, a delicadeza da flor, um sonho angélico, suave.

Que eu seja a rocha!

A realidade de nossa época!