19 de fevereiro de 2012

Rosinha do Prado

John William Godward - The Flowers Of Venus
Viu um rapaz uma rosa,
Rosinha do prado,
Era tão fresca e formosa,
Correi a vê-la, viçosa,
Viu-a, ficou encantado.
Rosa, rosa, tão vermelha,
Rosinha do prado.

Disse o rapaz: "Vou colher-te,
Rosinha do prado!"
Disse a rosa: "Eu vou picar-te,
Tu de mim hás de lembrar-te,
E não aceito esse Fado."
Rosa, Rosa, tão vermelha
Rosinha do prado

Fogoso, o rapaz colheu
A rosa do prado;
Defendeu-se ela e picou,
Mas de nada lhe valeu,
E sofreu seu Fado.
Rosa, rosa, tão vermelha,
Rosinha do prado.

Johann von Goethe (1749-1832)
Tradução: João Barrento

Nenhum comentário: