23 de março de 2011

Sarça Ardente

No esplendor
de uma língua de fogo,
AQUELE QUE É
clama o nosso nome.

Despojamento pungente
de pisar com os pés desnudos
a ardente aspereza
do solo sagrado.

Helena Kolody (1912-2004)

Nenhum comentário: