31 de março de 2011

Ditadura Militar

Ditadura Militar
Há 47 anos dava-se início a um episódio que mudaria e marcaria a vida de muitos brasileiros, o Golpe Militar de 1964. Para os militares, Revolução de 1964. No dia 31 de março de 1964 os militares derrubaram o governo do presidente do João Goulart, conhecido também como Jango, instalando uma ditadura que perduraria por 21 anos.
Jango, então vice-presidente, havia assumido o governo brasileiro depois que Jânio Quadros, no mesmo ano de sua posse (1961), renunciou à presidência da República.
Foram anos difíceis, nos quais, os direitos políticos e civis, praticamente, não existiam. A repressão aos que se opunham aos militares era violenta. Este período foi marcado ainda, por uma forte censura aos meios de comunicação.

Abaixo os presidentes militares nesse período de exceção
:
  1. Governo Castelo Branco (1964-1967)
  2. Governo Costa e Silva (1967-1969)
    - Em 13/12/1968 foi decretado o Ato Institucional nº 5 (AI 5), que aposentou juízes, cassou mandatos, acabou com as garantias do Habeas-corpus, aumentou a repressão militar e policial.
  3. Governo da Junta Militar (31/8/1969-30/10/1969) Formada por:
    - Aurélio Lira Tavares (Exército)
    - Augusto Rademaker (Marinha)
    - Márcio de Souza Melo (Aeronáutica)
  4. Governo Garrastazu Médice (1969-1974)
    - Período considerado como o mais repressivo da ditadura, conhecido como “ANOS DE CHUMBO”.

  5. Governo Ernesto Geisel (1974-1979)
  6. Governo João Figueiredo (1979-1985)
    - Decretado a Lei de Anistia, concedendo o retorno ao país de políticos, artistas e outros brasileiros exilados e condenados por crimes políticos.
Este breve relato é para não deixar cair no esquecimento este horrível período de nossa história, no qual passei toda minha juventude e de que não tenho nenhuma saudade. É também para que não deixemos NUNCA MAIS isso acontecer.

Nenhum comentário: