30 de abril de 2010

Nacos de nuvens

Donna McGinnis - Tomorrow's May
No céu flutuavam trapos
De nuvem - quatro farrapos:
do primeiro ao terceiro - gente;
o quarto - um camelo errante.

A ele, levado pelo instinto,
no caminho junta-se um quinto.
do seio azul do céu, pé ante pé,
se desgarra um elefante.

Um sexto salta - parece.
susto: o grupo desaparece.
E em seu rasto agora se estafa
o sol - amarela girafa.

Vladimir Maiakovski (1893-1930)
Tradução: Augusto de Campos

Um comentário:

Carlos Kurare disse...

Oi!
Pequei uma imagem vou usá-la numa postagem.
Venha tomar um chá de cidreira no meu blog quando tiver um tempinho.
Parabéns pelo bom gosto.
Carpe Diem
Carlos Kurare
"Mais que a maciez da pele...procuro a suavidade do toque!" Carlos Kurare