30 de janeiro de 2008

Amazônia




Imagem de
Vladimir Kush
Tão doce,
Tão cedo,
Tão já.
Tudo de novo
Vira começo!

Paulo Leminski (1944-1989)

29 de janeiro de 2008

Trilha na noite uma flauta

John William Godward: Melody
Trilha na noite uma flauta.
É de algum pastor? Que importa? Perdida
Série de notas vagas e sem sentido nenhum,
Como a vida.
Sem nexo ou princípio ou fim ondeia
A ária alada.
Pobre ária fora de música e de voz, tão cheia.
De não ser nada.
Não há nexo ou fio porque se lembra aquela
Ária ao parar, e já ao ouvi-la
Sofro a saudade dela
E o quando cessar.

Fernando Pessoa (1888-1935)

Brisa Amiga

Pino Daeni
Hoje despertei em teus braços,
Brisa amiga,
busco teu rumo,
sinto teu sopro.
Brisa amiga vem comigo
receber o dia.
Sonhos antigos,
outros tempos, outros ventos,
restos, distantes ecos,
confundem meus pensamentos.
Estende teus braços,
apaga, do passado, os traços.
Brisa amiga vem comigo
ver nascer o dia.
Fecho os olhos, a luz me ofusca,
outros sentidos a me guiar,
inspiro profundamente, eterna busca,
quem sabe um dia vou encontrar.

MJSpeglich