30 de outubro de 2008

“Um único instante de amor
reabre o éden fechado”.

Victor Hugo (1802-1885)

Nenhum comentário: