24 de março de 2008

A Propaganda e o seu lado educativo (?)

Para estimular o consumo, a propaganda descobre cada vez mais novas formas para tornar atraentes marcas e produtos. Muitas campanhas associam o cigarro a eventos esportivos, vendem a ideia de que consumir bebida alcoólica é coisa de gente bonita ou de bem com a vida, distribuem brindes em guloseimas para crianças. Nestes casos, a propaganda deixa de lado as preocupações com a saúde dos consumidores e nem sempre alertam de forma eficaz os efeitos negativos desses produtos.
A Rede Brasileira de Combate ao Câncer um anúncio com um alerta às mulheres fumantes: o câncer de pulmão é hoje a segunda doença que mais mata entre as pessoas do sexo feminino. Na peça, criada pela Agnelo Pacheco, aparece a imagem de uma mulher com o corpo nu, envolvido por fumaça, em um fundo negro. Ao lado, também formado de fumaça, está o título: “Toda mulher tem uma parte do corpo que não gosta. No caso das que fumam, o pulmão”. A criação é de Leonardo Bacellar e Vinícius Panvechi, dirigidos por Agnelo Pacheco.

Nenhum comentário: